Calda Bordalesa – Tudo o que você precisa saber!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O que é a Calda Bordalesa?

A Calda Bordalesa é um fungicida agrícola tradicional usado pela primeira vez em 1882, também é conhecida como mistura de Bordeaux. É um composto de Sulfato de Cobre, Cal Hidratada e Água.

Como foi descoberta a Calda Bordalesa?

No século XIX o botânico Pierre Marie Alexis Millardet1 descobriu a Calda Bordalesa acidentalmente. Na época, essa mistura era usada com o intuito de amargar o sabor das uvas para ninguém as roubar.

Depois de muitos testes e pesquisas, Pierre aperfeiçoou a formulação e a tornou segura para a finalidade de fungicida. O estudo foi publicado em 1885.

Para que serve a Calda Bordalesa?

Desde o século passado a Calda Bordalesa é muito usada em hortas, pomares e culturas no geral para controlar doenças causadas por fungos.

É muito eficiente pois seus componentes são pouco tóxicos e contribuem para o equilíbrio nutricional das plantas.

A Calda Bordalesa tem receita? Como fazer?

Tem sim e nós vamos te ensinar.

Primeiro os ingredientes:

– 100 g de Sulfato de Cobre

– 180 g de Cal Hidratada

– 10 Lt de Água

 

Modo de Preparo:

  1. Em um balde plástico, com 5 litros de água, dissolva 100 g de Sulfato de Cobre com um bastão de madeira.
  2. Em outro balde com capacidade para 10 litros, coloque 180 gramas de cal, adicione vagarosamente 5 litros de água até obter uma pasta pouco consistente.
  3. Agora despeje 5 litros da solução de Sulfato de Cobre no balde na pasta de Cal. Agite a mistura.

 

Mas atenção!

Antes de aplicar o produto na planta, é necessário fazer o teste de pH (o pH ideal é de 8 a 9).

 

Quer uma dica?

Para fazer o teste da acidez, use um peagâmetro ou papel indicador. Porém, se não os tiver, pingue 3 gotas sobre uma lâmina de faca inoxidável (limpa) por 3 minutos.

Se no local da gota formar uma mancha avermelhada, é sinal que a calda está ácida. Neste caso será necessário acrescentar em torno de 36g de Cal para cada 10 Litro de calda.

Para plantas novas, em brotação ou floração, diluir a Calda acrescentando mais 10 litros de água (concentração de 0,5%).  Evite aplicar em horários de sol quente. 2

Depois de pronta, a Calda tem validade de 3 dias!

Como usar a Calda Bordalesa?

Com o pH adequado, coar os 10 litros preparados com uma peneira fina ou um pano ralo para evitar o entupimento e abastecer o pulverizador.

Contudo, se quiser melhorar a aderência da calda na planta, pode-se adicionar 1 colher de sopa rasa de açúcar (10 a 15 gramas) ou 1 copo de leite desnatado (200 ml) para 10 L de Calda.

Calda Bordalesa para uso em estufas e pomar

A Calda Bordalesa é recomendada para uso em estufas e pomares em inúmeras plantações tais como:

Tomate, batatinha, cebola, alho, beterraba, alface, chicória, couve, repolha, abobrinha, pepino, caqui, figo, cítricos em geral, goiaba, rosáceas, mangueira e morangueiro.

Para recomendações de uso, clique aqui

Cuidados com a Calda!

Esta calda é pouco tóxica. Ainda assim, recomenda-se a utilização de EPIs (óculos de proteção, luvas plásticas, etc..) evitando contato com a pele.

Não coma os produtos que foram pulverizados antes de lavar muito bem.

Lembre-se! É importante que o equipamento pulverizador seja capaz de proporcionar uma distribuição uniforme das gotas sobre a planta para que haja mais eficiência na prevenção de doenças!

Para evitar corrosão, os equipamentos e metais podem ser lavados com solução aquosa de 25% de ácido acético (vinagre) mais duas colheres de chá de óleo mineral. 3

Posts Recentes

DESODORANTE FAZ MAL

Desodorante causa câncer?

Usar desodorante causa câncer? Essa é uma dúvida que passa na cabeça de muito gente, afinal é um assunto delicado, estamos falando do nosso corpo

O que é Bissulfato de Sódio?

Você já ouviu falar sobre Bissulfato de Sódio?   Bissulfato de Sódio é um composto químico que também é conhecido por outros nomes como Hidrogêniosulfato